domingo, 30 de outubro de 2011

Triste de ver....

Mais um ano, um ano difícil. Muito difícil, esse foi o ano em que ocorreram o maior número de casos de violência entre alunos, de depredações do patrimônio público, de desentendimentos, de desencontros. Chegaram vindos de diversas partes bárbaros, animais, que são capazes de arrancar torneiras do banheiro, escrever nada (pichações) nas paredes das salas e dos banheiros e até nos quadros expostos pelas paredes. Esses animais que se consideram alunos são capazes de atos de violência como arranhar o rosto de seus colegas, esmurra-los, e promover a tirania com ameaças, com intimidações. Muitos alunos tiveram os seus pontos vulneráveis expostos de forma cruel, muitos apelidos maldosos, muita covardia. Muitos alunos se apropriaram de bens públicos, comuns à todos. Estou triste de ver que chegamos ao final do ano e esses casos ainda são recorrentes.

4 comentários:

  1. eu sei bem como é e tb acho q quem faz isso é um animal

    ResponderExcluir
  2. Quem estudou no Chiquinho até se assusta em ler isso!!!...Meu Deus!
    Mas aprendi com vocês que independente da personalidade do indivíduo, somos todos mutáveis!
    Talvez se tivéssemos mais professores como nossas queridas Leisa e Gisa, apaixonadas pela educação, que se preocupam com a formação integral dos seus alunos; mestres da formação e não somente da informação, que acreditam que independente da classe social do cidadão ele tem a mesma capacidade intelectual de impactar o mundo como Abraham Lincoln, Einstein e tantos outros que mexeram com a estrutura da sociedade, certamente nossas escolas seriam melhores!
    Aproveito para deixar meu apelo aos que querem navegar nesse mundo complexo da educação, entre se for por amor!
    E força Chicão, vai dar tudo certo!

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de novos posts aqui no blog. Sobre a nova equipe de professores. O blog tem de continuar vivo!

    ResponderExcluir
  4. Os responsaveis poderiam continuar atualizando o blog, seria bem interessante.

    Novas postagens sobre projetos, professores.

    Foi uma bela iniciativa!

    Aguardo!

    ResponderExcluir